Blog Details

  • Home
  • 7 erros no armazenamento de produtos químicos
admin 17 de dezembro de 2020 0 Comments

O armazenamento de produtos químicos requer um conjunto de medidas direcionadas para a prevenção de riscos inerentes ao manuseio e trabalho. E devem cumprir rigorosos requisitos de segurança. Será que a sua empresa mantém um local de trabalho seguro e dentro dos requisitos exigidos por lei?

Essa necessidade de atenção se deve ao fato de que produtos químicos perigosos podem ser classificados como: irritantes, corrosivos, tóxicos, entre outras características.

Quando alguma medida de segurança é negligenciada, o risco de acontecer algum acidente aumenta. Mesmo quando há vazamento de uma pequena quantidade de produto químico, há o risco alto de acidentes graves.

As consequências podem ser de natureza variada, desde problema respiratório, doença do sistema nervoso, câncer, irritação na pele e queimaduras, incêndios ou explosões.

Portanto, redobrar os cuidados e precauções com as medidas preventivas é de extrema importância no armazenamento de produtos químicos.

Aqui neste artigo vamos enumerar os principais erros no armazenamento de produtos químicos perigosos. Confira com atenção para não cometê-los e colocar sua equipe e armazém em perigo.

Principais falhas no armazenamento de produtos químicos

A prevenção de riscos envolve a implementação de medidas para evitar acidentes ambientais e ocupacionais. O objetivo é garantir o andamento dos processos com os devidos cuidados de segurança para evitar prejuízos.

A seguir vamos listar alguns erros comuns que podem comprometer a segurança no armazenamento de produtos químicos. Leia com atenção e avalie cada item dentro da sua empresa.

Falta de estrutura de armazenamento

A instalação física do armazém deve ser analisada com extremo cuidado. Veja alguns pontos básicos que devem ser verificados:

  • Ventilação capaz de impedir que gases acumulem no interior do armazém;
  • Isolamento térmico;
  • Instalação de luminárias à prova de explosão;
  • Refrigeração, de acordo com o tipo de material armazenado;
  • Utilização de materiais não inflamáveis e de fácil limpeza e manutenção;
  • Sistema de drenagem;
  • No mínimo dois locais de acesso para facilitar o deslocamento em caso de acidente;
  • Proteção contra incêndio;
  • Piso antiderrapante.

Não ter conhecimento sobre os perigos de cada material

A correta identificação dos produtos químicos é uma das partes mais importantes no armazenamento e manuseio dos materiais. Por isso, todas as embalagens devem ter o rótulo atualizado, em conformidade com as normas vigentes.

Outro ponto é solicitar ao fabricante a Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos (FISPQ) e verificar se as informações estão conforme o armazenamento de produtos químicos e legislação. Esse documento informa os perigos de cada material.

Sinalização inadequada

A sinalização em local de armazenamento de produtos químicos perigosos deve seguir a Norma Regulamentadora 26 (NR-26).

As sinalizações servem de alerta aos funcionários e visitantes sobre o perigo de exposição e em relação ao risco de danos físicos.

Portanto, é fundamental utilizar faixas, guias visuais e placas de alerta bem posicionados. Principalmente se houver movimentação de equipamento de carga e descarga e máquinas.

Não saber sobre incompatibilidades dos produtos armazenados

O armazenamento de produtos químicos incompatíveis requer muita atenção. Substâncias corrosivas, por exemplo, quando em contato com certos tipos de embalagem podem provocar reação e vazamento de substâncias perigosas.

A melhor solução para o armazenamento é criar distâncias seguras entre os diferentes produtos químicos ou guardá-los em armários distintos.

Falta de controle de novos produtos químicos e conformidade

Mesmo com a rotatividade alta de produtos, o trabalho operacional deve prezar pela prevenção. Nunca permita improvisação, devendo prevalecer o cuidado e a segurança.

Não ter controle sobre a entrada de novos produtos na empresa pode gerar consequências graves. Para evitar o problema, é necessário total controle dos novos produtos armazenados na empresa e manutenção da qualidade de segurança.

Equipamento de Proteção Individual (EPI) incompleto e falta de treinamento dos colaboradores

Para assegurar proteção à equipe e caminhar de acordo com a legislação é preciso seguir as exigências da Norma Regulamentadora 6 (NR-6). Todos os EPIs necessários para o manuseio e armazenamento de produtos químicos estão relacionados nesta norma.

Por exemplo: luvas, aventais, calçado de segurança, óculos de proteção, protetor facial, capacete, respiradores, entre outros.

O treinamento e a capacitação adequada da equipe também é fundamental para garantir mais segurança no armazenamento e manuseio dos produtos.

Não ter um plano de emergência para o armazém

Trabalhamos com a implementação de medidas de prevenção para garantir a segurança do local e da equipe. Entretanto, falhas acontecem e é necessário estar preparado para elas. Além das saídas de emergências já citadas aqui, uma das medidas é instalar alarmes de incêndio por todo o ambiente para contribuir com a evacuação do prédio. E ponto de encontro devidamente sinalizado e de fácil acesso a todos.

Também é importante ter um plano preestabelecido para controlar um vazamento, caso venha acontecer.

Descarte correto desses produtos

Outro cuidado de extrema importância é o descarte de agentes químicos. De forma alguma ele pode ocorrer de forma deliberada, em lixo comum, por exemplo. Há risco de danos a pessoas e ao meio ambiente, portanto é necessário identificar cada item de acordo com a classe à qual pertence e sua procedência. Obedecendo sua legislação específica.

Consultoria para armazenamento de produtos químicos

Para aumentar a segurança, promover o correto armazenamento de produtos químicos e a gestão mais eficiente desses materiais, vale a pena contar com a ajuda especializada de uma empresa em segurança química.

Uma consultoria realizada por profissionais capacitados e especializados para dar suporte a sua equipe ajuda prevenir acidentes. Além de promover mais segurança para os funcionários, no armazenamento e manter a empresa em compliance com as legislações.

Também é muito válido investir em treinamentos de equipe para orientar os profissionais sobre os riscos de cada produto, o manuseio adequado, entre outras informações importantes.

Quer ter uma consultoria de segurança química na sua empresa? Entre em contato com a gente e vamos conversar mais sobre armazenamento de produtos químicos!

Leave Comment